10 maneiras simples de se proteger na internet

10 maneiras simples de se proteger na internet

7 de Novembro de 2019 0 Por Afonso da Silva E

1 – Não acesse links desconhecidos:
Através de mensageiros e redes sociais recebemos diariamente diversos links desconhecidos, muitos de caráter malicioso, tome cuidado ao abrir estes links, scripts podem rodar enquanto você os abre.

2 – Acesse sites de confiança:
Muitas vezes ao buscar algo no Google ele nos direciona a sites não tão confiáveis assim. Sempre busque acessar sites conhecidos e de confiança.

3 – Antivírus:
O antivírus, ao contrário do que muitos pensam, ajuda muito na proteção de seu dispositivo, bloqueando as ameaças mais nítidas que por muitas vezes passam despercebidas enquanto estamos acessando a internet.

4 – Antispyware:
Este tipo de software tem como objetivo varrer seu sistema operacional e eliminar programas espiões que podem estar invadindo sua privacidade.

5 – Firewall:
Um servidor físico ou até mesmo um software de Firewall em seu dispositivo pode fazer com que a navegação em rede seja muito mais segura, com bloqueio de sites maliciosos e tentativas de ataque o firewall pode ser uma barreira extra na segurança de suas informações.

6 – Sistema Operacional atualizado:\
Apesar de alguns problemas virem junto com as atualizações de sistema operacional, estas melhorias de sistema normalmente são disponibilizadas para a correção ou melhoria da segurança dos softwares responsáveis pela execução do mesmo.

7 – Cuidado com o que baixar:
Cuidado ao fazer os Downloads no seu dispositivo é um dos principais tópicos, para Smartphones sempre efetue o download de aplicações com recomendações ou boas avaliações e SEMPRE efetue o download nas lojas oficiais do seu sistema (Android na PlayStore e IOS na AppStore), já nos computadores faça o download de suas aplicações sempre em seus sites oficiais e não baixe qualquer extensão (Add-ons) em seu navegador.

8 – .EXE, .SCR, .CMD ou .BAT:
Uma forma eficaz de verificar se o link que você irá acessar lhge redirecionará para um download automático é: passar o mouse por cima do link (sem clicar) e verificar o que aparecerá no canto inferior esquerdo da tela. Lembre-se sempre em tomar muito cuidado com os arquivos .ZIP, pois normalmente este formato é utilizado para a infecção de computadores.

9 – Não enviar dados pessoais por e-mail:
Tente ao máximo possível não enviar informações sensíveis via e-mail, pois por muitas vezes este não é criptografado de forma segura e suas informações podem ser interceptadas e utilizadas para futuros golpes ou ataques de engenharia social.

10 – Senhas fortes e diferentes:
Use senhas fortes para qualquer tipo de conta que você vir a criar, uma senha forte é composta por:
* No mínimo Uma letra Minúscula
* No mínimo Uma letra Maiúscula
* No mínimo Um Número
* No mínimo Um Símbolo
* Mais do que 10 carácteres
Além desta configuração tente ao máximo criar senhas diferentes para serviços diferentes, assim dificultando a invasão de todas as suas contas caso alguma delas tenha vazado.